Frete grátis em São Paulo acima de R$ 500
Compra segura
Entrega garantida

PINOT NOIR

A casta que é a rainha tinta da Borgonha é conhecida pela elegância e complexidade da sua expressão. Embora plantada em diversas regiões pelo mundo, é consenso que não alcança a qualidade da sua expressão na terra natal. Vinificada como vinho tinto a Pinot Noir expressa aromas florais, terrosos e de frutas frescas, uma casta cultuada por ser multifacetada e responder às nuances de cada terroir.

A Pinot Noir é também uma das três principais variedades de Champagne, ao lado da branca e também cultivada na borgonha, Chardonnay e a tinta Pinot Meunier. 

5 produtos encontrados
91

CAVE GEISSE
A Vinícola Geisse foi fundada em 1979 pelo engenheiro agrônomo e enólogo chileno Mario Geisse, que identificou na região sul do Brasil um grande potencial para a viticultura de alta qualidade, especialmente para a produção de espumantes. Encontrou no terroir de Pinto Bandeira o local ideal para expressar todo o potencial da região.

A Família Geisse, desde então, elabora espumantes de altíssimo nível pelo método tradicional, capazes de evoluir brilhante e complexamente. Seus vinhos vêm cada vez mais despertando o interesse e os elogios dos principais críticos do mundo do vinho, como da Master of Wine Jancis Robinson, que incluiu a Geisse em sua lista das 15 vinícolas que ela acredita que podem marcar o futuro do vinho.

Mario Geisse já recebeu inúmeros prêmios e reconhecimentos e foi indicado na lista das personalidades mais influentes pela revista Época com o enunciado “O enólogo que transformou o espumante brasileiro em atração global”. Também recebeu o prêmio Vitis, uma grande homenagem da Associação Brasileira de Enologia, graças a todo o aporte de conhecimento feito no desenvolvimento da indústria do vinho fino no Brasil. Carlos Abarzúa, enólogo da Família Geisse há mais de 30 anos, ganhou em 2017 o título de Enólogo do Ano pela Associação Brasileira de Enologia (ABE).

Família Geisse, ainda, foi destaque na Revista de Vinhos do Brasil, por ser um sucesso entre os consumidores de Cult Wines (vinhos de pequenas produções), e foi indicada para o título de "Vinícola do Ano do Novo Mundo" (New World Winery), pela importante revista Americana Wine Enthusiast; um fato inédito para indústria do vinho brasileiro. 

A aguardada concessão da D.O. Altos de Pinto Bandeira, que virá em futuro breve, será a primeira Denominação de Origem do Novo Mundo específica para Espumantes, assim como a de Champagne, na França.

Espumante CAVE GEISSE Nature - Leveduras Autóctones
Vintage 2015
Colheita manual em janeiro de 2015. Método tradicional.

Este espumante foi elaborado a partir das uvas Chardonnay (70%) e Pinot Noir (30%) da safra de 2015, caracterizada por índice pluviométrico alto de aproximadamente 1.850 mm. As horas de frio foram de 263 abaixo de 7,2°C, suficientes para proporcionar brotação adequada.

É um espumante em que a fermentação foi espontânea provocada por leveduras próprias nos vinhedos Geisse (Autóctones). Estas leveduras sofreram uma seleção natural expressando as características e o potencial do terroir de Pinto Bandeira.

Não possui adição de conservante, e sua fermentação foi natural com leveduras autóctones. Longevidade e ótimo potencial de evolução.

FICHA TÉCNICA

  • PRODUTOR:Família Geisse
  • Denominação::IP Pinto Bandeira, 2015
  • Nariz:Notas de frutas secas, frutas maduras, brioche, mel e nozes
  • SAFRA:2015
  • VOLUME:750ml
  • Boca:Paladar seco, com excelente intensidade e corpo equilibrado. Acidez potente e persistência longa e agradável. Boa longevidade e potencial de evolução
  • UVA:70% Chardonnay, 30% Pinot Noir
  • ÁLCOOL:12%
  • HARMONIZAÇÃO:Pratos com molhos bem condimentados.
  • PAÍS:Brasil
  • ESTILO:Espumante
  • TEMPERATURA DE SERVIÇO:8ºC
  • Região:Lorem ypsum
  • Amadurecimento:Maturação de 72 meses sur lie
  • ASPECTO:Visual límpido e brilhante, com coloração amarelo ouro. Perlage fino e delicado
91
44
Cave Geisse Nature - Leveduras Autóctones
Cave Geisse Nature - Leveduras Autóctones
IP Pinto Bandeira, 2015
71

Bernard Loiseau
Bernard Loiseau deixou sua marca na história da culinária francesa. Ele viveu e morreu de uma maneira intensa e única. Tornou-se uma verdadeira referência culinária. 
Atualmente, Dominique Loiseau, esposa de Bernard, continua a garantir o futuro e a reputação de prestígio da Côte d 'Or e do grupo Loiseau como um todo.

Albert Bichot
Em 1831, Albert Bichot escreveu a primeira página da história da Casa. Hoje, o tesouro da família consiste em 100 hectares de alguns dos vinhedos mais prestigiosos da Borgonha. São domínios excepcionais, e o respeito pela natureza e perícia na vinificação lhes permite trazer nobreza e elegância em cada um dos vinhos.

A união 
Alta gastronomia e vinhos especiais sempre estiveram em perfeita harmonia. As raízes da Borgonha, a paixão pela exceção e a vontade de ir mais longe são os 3 pontos comuns entre Bernard Loiseau e Albert Bichot.

As Casas estão agora envolvidas em um projeto comum: uma variedade de vinhos da Borgonha, com assinatura conjunta de Bernard Loiseau e Albert Bichot. Com o know-how e o apoio técnico de uma grande e premiada Casa de Beaune, Bernard Loiseau criou uma gama de grandes vinhos finos. Trabalham em perfeita harmonia para escolher as denominações mais atraentes, vinificar e amadurecer as cuvees excepcionais e apresentá-las em garrafas muito elegantes e sóbrias.

Corton Grand Cru de 2013
Colheita manual, maceração fermentativa em carvalho. Controle de temperatura e produção a baixa pressão.
Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (50% barricas novas), de origens variadas e tostagem específica.
 
Este Grand Cru Corton tem uma cor vermelha muito bonita com reflexos cereja. No nariz, revela uma mistura sutil e complexa de notas defumadas, aromas especiados com um leve toque de alcaçuz. Fino e elegante, este vinho robusto apresenta no paladar uma estrutura fundida com taninos harmoniosos dando lugar a um final longo e intensamente perfumado com notas frutadas.

Indicações de degustação e harmonização Bernard Loiseau 
Este Corton Grand Cru acompanha pratos refinados compostos de carnes vermelhas, pratos cozidos ao vinho tinto e queijos delicados. Na frança, harmonizar este vinho com gibiers, boeuf en croûte ou guigue de chevreuil aux marrons.

FICHA TÉCNICA

  • PRODUTOR:Bernard Loiseau & Albert Bichot
  • Denominação::AOC Corton Grand Cru
  • Potencial de Guarda:10 anos
  • Nariz:Mistura sutil e complexa de notas esfumadas, aromas especiados com um leve toque de alcaçuz
  • SAFRA:2013
  • VOLUME:750ml
  • Boca:Fino e elegante, com estruturas e taninos harmoniosos, um final longo e intensamente perfumado com notas frutadas
  • UVA:100% Pinot Noir
  • ÁLCOOL:13,5%
  • HARMONIZAÇÃO:Carnes vermelhas e caça, pratos cozinhados em vinho tinto, queijos muito finos
  • PAÍS:França
  • ESTILO:Tinto
  • TEMPERATURA DE SERVIÇO:17°C
  • Região:Bourgogne
  • Amadurecimento:Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (50% barricas novas), de origens variadas (floresta de Tronçais, Allier, Vosges), e tostagem específica
  • ASPECTO:Vermelha com reflexos cereja
71
44
Corton Grand Cru Bernard Loiseau
Corton Grand Cru Bernard Loiseau
AOC Corton Grand Cru, 2013
69

Bernard Loiseau
Bernard Loiseau deixou sua marca na história da culinária francesa. Ele viveu e morreu de uma maneira intensa e única. Tornou-se uma verdadeira referência culinária. Atualmente, Dominique Loiseau, esposa de Bernard, continua a garantir o futuro e a reputação de prestígio da Côte d 'Or e do grupo Loiseau como um todo.

Albert Bichot
Em 1831, Albert Bichot escreveu a primeira página da história da Casa. Hoje, o tesouro da família consiste em 100 hectares de alguns dos vinhedos mais prestigiosos da Borgonha. São domínios excepcionais, e o respeito pela natureza e perícia na vinificação lhes permite trazer nobreza e elegância em cada um dos vinhos.

A união 
Alta gastronomia e vinhos especiais sempre estiveram em perfeita harmonia. As raízes da Borgonha, a paixão pela exceção e a vontade de ir mais longe são os 3 pontos comuns entre Bernard Loiseau e Albert Bichot.

As Casas estão agora envolvidas em um projeto comum: uma variedade de vinhos da Borgonha, com assinatura conjunta de Bernard Loiseau e Albert Bichot. Com o know-how e o apoio técnico de uma grande e premiada Casa de Beaune, Bernard Loiseau criou uma gama de grandes vinhos finos. Trabalham em perfeita harmonia para escolher as denominações mais atraentes, vinificar e amadurecer as cuvees excepcionais e apresentá-las em garrafas muito elegantes e sóbrias.ais atraentes, vinificar e amadurecer as cuvees excepcionais e apresentá-las em garrafas muito elegantes e sóbrias.

Nuits-Saint-Georges de 2014
Colheita manual, maceração fermentativa em carvalho. Controle de temperatura e produção a baixa pressão.
Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (30% a 35% barricas novas), de origens variadas e tostagem específica.
O Nuits-Saint-Georges tem uma bela cor rubi com reflexos framboesa. No nariz desenvolve aromas a vegetação rasteira e a cogumelos, bem como notas de frutos vermelhos. Na boca, este vinho é delicadamente amadeirado com notas de pão de gengibre e cereja e apresenta um equilíbrio harmonioso. Quanto ao final, longo e intensamente aromático, evoca frutos vermelhos e especiarias.


Indicações de degustação e harmonização Bernard Loiseau 
Este Nuits-Saint-Georges acompanha carnes vermelhas e pratos à base de molho. O Chef da Bernard Loiseau aconselha acompanhar um prato da culinária francesa: gibiers marinés e queijos como o époisse ou tomme de chèvre. Aconselha, ainda, acompanhar um Magret de Canard, uma Mousse d'artichauds ou um assado de porco com ervas.

FICHA TÉCNICA

  • PRODUTOR:Bernard Loiseau & Albert Bichot
  • Denominação::AOC Nuits-Saint-Georges
  • Potencial de Guarda:7/10 anos
  • Nariz:Vegetação rasteira e a cogumelos, bem como notas de frutos vermelhos
  • SAFRA:2014
  • VOLUME:750ML
  • Boca:Delicadamente amadeirado com notas de pão de gengibre e cereja e apresenta um equilíbrio harmonioso; final, longo e intensamente aromático, evoca frutos vermelhos e especiarias
  • UVA:100% Pinot Noir
  • ÁLCOOL:13%
  • HARMONIZAÇÃO:Carnes vermelhas, peito de pato, porco assado com ervas, pratos com molho, caça marinada queijo de cabra, queijos picantes
  • PAÍS:França
  • ESTILO:Tinto
  • TEMPERATURA DE SERVIÇO:16/17°C
  • Região:Bourgogne
  • Amadurecimento:Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (30% a 35% barricas novas), de origens variadas (floresta de Tronçais, Allier, Vosges), e tostagem específica
  • ASPECTO:Rubi com reflexos framboesa
69
44
Nuits-Saint-Georges Bernard Loiseau
Nuits-Saint-Georges Bernard Loiseau
AOC Nuits-Saint-Georges, 2014
67

Bernard Loiseau:
Bernard Loiseau deixou sua marca na história da culinária francesa. Ele viveu e morreu de uma maneira intensa e única. Tornou-se uma verdadeira referência culinária. 
Atualmente, Dominique Loiseau, esposa de Bernard, continua a garantir o futuro e a reputação de prestígio da Côte d 'Or e do grupo Loiseau como um todo.

Albert Bichot:
Em 1831, Albert Bichot escreveu a primeira página da história da Casa. Hoje, o tesouro da família consiste em 100 hectares de alguns dos vinhedos mais prestigiosos da Borgonha. São domínios excepcionais, e o respeito pela natureza e perícia na vinificação lhes permite trazer nobreza e elegância em cada um dos vinhos.

A união: 
Alta gastronomia e vinhos especiais sempre estiveram em perfeita harmonia. As raízes da Borgonha, a paixão pela exceção e a vontade de ir mais longe são os 3 pontos comuns entre Bernard Loiseau e Albert Bichot.

As Casas estão agora envolvidas em um projeto comum: uma variedade de vinhos da Borgonha, com assinatura conjunta de Bernard Loiseau e Albert Bichot. Com o know-how e o apoio técnico de uma grande e premiada Casa de Beaune, Bernard Loiseau criou uma gama de grandes vinhos finos. Trabalham em perfeita harmonia para escolher as denominações mais atraentes, vinificar e amadurecer as cuvees excepcionais e apresentá-las em garrafas muito elegantes e sóbrias.

Gevrey Chambertin de 2016
Colheita manual, maceração fermentativa em carvalho. Controle de temperatura e produção a baixa pressão.
Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (20% a 30% barricas novas), de origens variadas e tostagem específica.
 
O Gevrey Chambertin tem uma bela cor vermelho rubi com alguns reflexos de framboesa. No nariz, libera aromas de frutas vermelhas e pretas maduras em notas amadeiradas e especiadas. Os anos trazem notas de animal, almíscar e peles. Na boca, este vinho é sedoso, estruturado, tânico e bem equilibrado. Quanto ao acabamento, encontramos o frutado do primeiro nariz.

Indicações de degustação e harmonização Bernard Loiseau 
Acompanha maravilhosamente bem galo ao vinho e beuf bourguignon. O Chef da Bernard Loiseau aconselha este vinho para acompanhar pratos de caça como lièvre à la broche, civet de canard ou foie de veau aux champignons. Em matéria de sobremesa, acompanha muito bem o clafouti aux cérises.

FICHA TÉCNICA

  • PRODUTOR:Bernard Loiseau & Albert Bichot
  • Denominação::AOC Gevrey-Chambertin
  • Potencial de Guarda:5/10 anos
  • Nariz:Frutas vermelhas e pretas maduras em notas amadeiradas e especiadas; os anos trazem notas de animal, almíscar e peles
  • SAFRA:2016
  • VOLUME:750ML
  • Boca:Sedoso, estruturado, tânico e bem equilibrado
  • UVA:100% Pinot Noir
  • ÁLCOOL:13%
  • HARMONIZAÇÃO:Carne vermelha, caça pequena e queijos finos clássicos
  • PAÍS:França
  • ESTILO:Tinto
  • TEMPERATURA DE SERVIÇO:17°C
  • Região:Bourgogne
  • Amadurecimento:Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (20% a 30% barricas novas), de origens variadas (floresta de Tronçais, Allier, Vosges), e tostagem específica
  • ASPECTO:Vermelho rubi com alguns reflexos de framboesa.
67
44
Gevrey-Chambertin Bernard Loiseau
Gevrey-Chambertin Bernard Loiseau
AOC Gevrey-Chambertin, 2016
65

Bernard Loiseau:
Bernard Loiseau deixou sua marca na história da culinária francesa. Ele viveu e morreu de uma maneira intensa e única. Tornou-se uma verdadeira referência culinária. 
Atualmente, Dominique Loiseau, esposa de Bernard, continua a garantir o futuro e a reputação de prestígio da Côte d 'Or e do grupo Loiseau como um todo.

Albert Bichot:
Em 1831, Albert Bichot escreveu a primeira página da história da Casa. Hoje, o tesouro da família consiste em 100 hectares de alguns dos vinhedos mais prestigiosos da Borgonha. São domínios excepcionais, e o respeito pela natureza e perícia na vinificação lhes permite trazer nobreza e elegância em cada um dos vinhos.

A união: 
Alta gastronomia e vinhos especiais sempre estiveram em perfeita harmonia. As raízes da Borgonha, a paixão pela exceção e a vontade de ir mais longe são os 3 pontos comuns entre Bernard Loiseau e Albert Bichot.

As Casas estão agora envolvidas em um projeto comum: uma variedade de vinhos da Borgonha, com assinatura conjunta de Bernard Loiseau e Albert Bichot. Com o know-how e o apoio técnico de uma grande e premiada Casa de Beaune, Bernard Loiseau criou uma gama de grandes vinhos finos. Trabalham em perfeita harmonia para escolher as denominações mais atraentes, vinificar e amadurecer as cuvees excepcionais e apresentá-las em garrafas muito elegantes e sóbrias.

Mercurey, 2018
Colheita manual, maceração fermentativa em carvalho, com controle de temperatura.
Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (15% a 20% barricas novas), de origens variadas e tostagem específica.

A cor do vinho é profunda, rubi brilhante e pura. No nariz, este Mercurey tinto exala aromas selvagens e frutados com notas de frutas vermelhas e pretas, mas também de ameixa e pêssego. Na boca, este vinho gourmet é cheio de requinte. O final é harmonioso e persistente

Indicações de degustação e harmonização Bernard Loiseau 

Degustar com aperitivo reforçado, com porções de linguiça picante, presunto defumado ou linguiça corsa.  A mesa, saboreie este Mercurey tinto com pratos de carne grelhada ou cuscuz marroquino, tagine ou, ainda, queijos fortes como o  francês époisse.

FICHA TÉCNICA

  • PRODUTOR:Bernard Loiseau & Albert Bichot
  • Denominação::AOC Mercurey
  • Potencial de Guarda:5 anos
  • Nariz:Aromas selvagens e frutados com notas de frutas vermelhas e pretas
  • SAFRA:2018
  • VOLUME:750ml
  • Boca:Cheio de requinte; final harmonioso e persistente
  • UVA:100% Pinot Noir
  • ÁLCOOL:13,5%
  • HARMONIZAÇÃO:Aperitivos, como presunto cru ou linguiça, carne refogada, queijos fortes
  • PAÍS:França
  • ESTILO:Tinto
  • TEMPERATURA DE SERVIÇO:15/17°C
  • Região:Bourgogne
  • Amadurecimento:Estágio durante 14 a 16 meses nas caves em barricas de carvalho (15% a 20% barricas novas), de origens variadas (floresta de Tronçais, Allier, Vosges), e tostagem específica
  • ASPECTO:Rubi profundo, brilhante e puro
65
44
Mercurey Bernard Loiseau
Mercurey Bernard Loiseau
AOC Mercurey, 2018
5 produtos encontrados
Diga-nos se você tem mais de 18 anos.
NÃO